Yoga é uma tradição milenar, que nasceu  e se desenvolveu na Índia e territórios próximos. Felizmente seu conhecimento se espalhou pelo mundo e hoje seus benefícios são confirmados por milhões de praticantes, libertando, despertando e promovendo saúde. Até aí todos já sabem certo…

Yoga tradicionalmente tem muitas vertentes, pois adquiriu singularidades de acordo com cada local onde se desenvolveu(diferentes áreas da Índia, Tibet, Nepal) entretanto sua essência é uma. Hoje em dia se encontra a palavra Yoga somada a uma infinidade de outras nomenclaturas, é importante buscar informação e ter clareza para encontrar e escolher uma transmissão que honre os princípios originais, de qualquer forma existe lugar pra tudo, e cada um encontra o que pode.

O corpo na Yoga  é um meio de exploração, mas Yoga não é ginástica. É evidente que o corpo físico é trabalhado porém este não é o foco. No Yoga, purificamos nossos canais fisiológicos-energéticos e pela pratica questionamos o que é “o corpo”, para percebermos, justamente, que somos algo ALÉM dele. Yoga nos ajuda a compreender em um nível mais profundo e harmonizar o misterioso complexo humano de matéria, energia, emoção, mente, espirito…

Yoga tem posturas e respirações mas isso não é tudo. Yoga é uma tradição que engloba dezenas de artes refinadas como os Mantras, Yantras, Meditações, Textos Sagrados, entre outros, e tradicionalmente, se leva uma vida inteira para se aprofundar em cada área.

Yoga independe de religião, certamente está conectada ao hinduísmo e outras religiões orientais, porém não obriga a crença nelas. Yoga é um bem universal, possui princípios e fundamentos que podem ser adotados por pessoas de qualquer nacionalidade ou religião.

Yoga é silêncio, por meio de suas diversas ferramentas nos “esvaziamos”, nos fazemos mais disponível à benção do silêncio e da paz de espírito para que banhem e curem nossos corpos. Isso deveria ser uma consequência inesperada e natural, e não um objetivo.  O silêncio que é o Yoga está presente 24 horas por dia para nos conectarmos.

Yoga é aprender é aplicar os princípios na vida diária. Praticar Yoga só em cima do tapete e agir de forma inconsciente na vida cotidiana e uma hipocrisia. Por exemplo no fundamento da não identificação, percebermos que não somos aquilo que possuímos ou julgamos ser ou as emoções que flutuam na superfície, e logo integrar e agir de acordo no cotidiano.

Yoga é perceber e permitir que já somos livres no nosso interior. Todos nós já temos todo o potencial da liberdade, não há degraus a subir ou a descer, nem objetivos heroicos a conquistar, ou duras penas e odisseias místicas à empreender. Já somos um diamante puro e basta trabalharmos para que toda lama ao redor dele se desgrude.

Yoga é libertação, e não mais uma forma de nos cobrarmos sermos mais produtivos ou melhores num nível competitivo. O mundo moderno cheio de formas agressivas, calculistas, baseadas na produtividade e cobrança, acabou por influenciar “linhagens de Yoga” praticadas no Ocidente, que transmitem abordagens que acabam sendo agressivas pro corpo-mente-espírito. A tradição Yoga sofre, hoje em dia, abuso e modificações lamentáveis onde “praticas” chegam a machucar fisicamente os adeptos desavisados, chegam a causar frustração emocional , entre outras, e se distanciam cada vez mais da fonte da Yoga.

Yoga é união. Convite sutil e constante da PRESENÇA que bate na nossa porta minuto após minuto e que tão frequentemente deixamos passar.

Serviços

Transmissão para grupos ou personal 3hrs

Retiros e workshops

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram

Ayurveda Yoga Tantra Brasil

sissongreta@gmail.com